Influenza: População acima de 6 meses está sendo imunizada

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza segue ao longo da semana contemplando toda a população acima de 6 meses de vida. De segunda a sexta-feira a vacinação ocorre nas Unidades de Saúde que não estão aplicando a vacina da Covid-19. Para ser vacinada, a pessoa deverá apresentar um documento de identidade com foto e o Cartão de Vacinas.

As Unidades que estão aplicando a vacina são: Caism, no Parque do Mirante; Centro Saúde Dr. Eurico Vilela, no Centro; UBS Dona Aparecida Conceição Ferreira, no Parque São Geraldo; UBS Dr. Edison Reis Lopes, na Vila São Cristóvão; USF Edson Luiz Fernandes, no Residencial 2000; UMS George Chireé Jardim, no Alfredo Freire; USF Jacob José Pinto, no Cássio Rezende; UBS Juca Inácio de Oliveira, no Santa Maria; UBS Lecir Nunes Ramos, no Parque das Américas; USF Maria Bárbara de Oliveira – Tia Lola, no Uberaba I; USF Norberto de Oliveira Ferreira, no Morada Sol; UMS Nossa Senhora da Abadia, na Abadia; UBS Rio de Janeiro, no Rio de Janeiro e USF Virlânea Augusta de Lima, no Jardim Maracanã.

As Unidades de Saúde – Zona Rural também seguem vacinando contra a influenza nos seguintes locais: UBS Dona Naná, em Peirópolis; UBS Fausto Cunha Borgico/ Eduardo Veloso, UBS Francisco José S. Sabiá/Ponte Alta, USF Palmira Conceição, em Santa Rosa e USF Sebastião L Costa, na Capelinha/Distrito da Baixa.

É importante reforçar que a vacina da influenza e a vacina da Covid-19 devem ser tomadas com um intervalo de 14 dias. E caso a pessoa esteja em um grupo próximo para tomar a vacina da Covid-19, ela deverá priorizar esse imunizante para depois de 14 dias tomar a vacina da gripe.

A vacina da influenza previne o surgimento de complicações decorrentes da doença, óbitos e suas consequências sobre os serviços de saúde, além de minimizar a carga da doença, reduzindo os sintomas que podem ser confundidos com os da Covid-19.

Confira outras notícias:

Opinião

TDAH e os desafios na escola

*Margarete Chinaglia Na escola, há crianças que sentem como um turbilhão de coisas acontecendo ao mesmo tempo: são lápis e