Previous
Next

Motorista de aplicativo vive momentos de terror durante roubo

Compartilhe este post

Criminosos aterrorizaram um motorista durante um roubo em Uberaba. A vítima que foi agredida conseguiu fugir de um sequestro relâmpago, mas se envolveu em um acidente.
Segundo informações apuradas pela Folha Uberaba, o assalto aconteceu na madrugada de hoje na avenida Deputo José Marcus Cherém, onde o motorista compareceu após ser solicitado por um homem. No local ele se deparou com dois indivíduos que disseram serem solicitantes e entraram no carro, sendo eles magros, negros e que utilizavam calça jeans e blusas de frio. A vítima iniciou a corrida no veículo Fiat Palio com placas Mercosul e o destino era a rua Topázio no bairro Nossa Senhora de Lourdes. Ao chegar na via, os “falsos passageiros” relataram que o destino tinha sido alterado e eles ficariam no final da rua no bairro Antônio Barbosa. Então o motorista seguiu com o carro até próximo ao entroncamento com a BR-262 e ao chegar no cruzamento com a Rua José Eugênio Oliveira no bairro Antônio Barbosa, ele parou o veículo, mas foi rendido pelos bandidos que anunciaram o assalto. Um dos acusados desceu do carro e ficou com a mão por baixo da blusa simulando que estava armado e o outro ficou dentro do veículo e ainda tentou aplicar um golpe conhecido como “gravata” na vítima.
Assustado, o motorista acelerou o carro, sendo que o criminoso que estava dentro pulou com o veículo em movimento, mas antes conseguiu pegar a carteira da vítima contendo cartões bancários, dinheiro e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Durante a fuga bateu o carro contra uma árvore pequena e o veículo Fiat Palio com placas Mercosul teve danos na parte frontal, mas mesmo assim a vítima conseguiu seguir até um posto de combustíveis na avenida Nossa Senhora do Desterro e acionou a Polícia Militar (via190). Os policiais militares compareceram no local, pegaram as características do suspeitos e várias viaturas estão fazendo levantamentos e rastreamentos para conseguir imagens de câmera de segurança para identificar e prendê-los. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Confira outras notícias: