Município avança e institui GT para implementar programa da CGU de combate à corrupção

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Governo Municipal publicou, no último Porta-Voz, portaria criando o Grupo de Trabalho (GT) para implementação, no Município, do programa Time Brasil, da Controladoria-Geral da União (CGU). Criado em 2019, o programa da CGU auxilia estados e municípios no aprimoramento da gestão pública e no fortalecimento do combate à corrupção. O programa possui três pilares: integridade, transparência e participação social. A adesão é voluntária.

Os membros do GT também foram designados na Portaria nº 168, de 18 de junho. A coordenadora do GT e controladora-geral do Município, Poliana Helena de Souza, ressaltou o compromisso da gestão no fortalecimento do controle interno e da transparência. “Uberaba não poderia ficar de fora, haja vista que o Governo Municipal possui os mesmos objetivos do Time Brasil. Contar com apoio técnico da CGU será excelente”, pontuou. As tratativas para inserção da cidade no Time Brasil começaram no fim de maio deste ano.

O GT é formado por sete membros. Os outros membros da Controladoria-Geral (CG) são: a controladora adjunta, Júnia Cecília Camargo de Oliveira; a assistente em administração, Luciana Aparecida de Bessa Maluf e o chefe do Departamento de Ouvidoria e Transparência Governamental, Maurício Moreira da Silva Júnior.

Compõem ainda o Grupo, o assessor de Assuntos Regionais da Chefia de Gabinete (Chegab), Caio Presotto; o procurador do Município, Luciano Borges Camargos e a psicóloga Marialice Gomes Citta, do Departamento Central de Desenvolvimento de Pessoas da Secretaria de Administração (SAD).

A expectativa é que o Termo de Adesão ao programa seja assinado pela prefeita nas próximas semanas. Até lá, o Município já deve ter concluído, com base nos eixos do programa, o autodiagnóstico e o Plano de Ação. Os aspectos levantados no Plano de Ação serão objeto de melhorias, que contarão com apoio técnico da CGU por até dois anos.

Confira outras notícias: