Operadores de drones recebem treinamento da Receita Federal

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Receita Federal promove Treinamento de Operadores de Drones em Uberaba – VI Corpas – Curso de Operador de RPAS (Remotely Piloted Aircraft System)
O curso objetiva capacitar policiais e servidores a usar o equipamento em ações e operações da Receita Federal

A Delegacia da Receita Federal em Uberlândia/MG, com apoio da Divisão de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho da 6ª Região Fiscal (MG) e da Polícia Militar de Minas Gerais, ministrará em Uberaba entre os dias 23 e 26 de Novembro o VI CORPAS, 6º Curso de Operador de RPAS (Remotely Piloted Aircraft System). O treinamento de drones, primeiro a ser realizado no Triângulo Mineiro pela Receita Federal, contará com a presença de servidores de todo o país e de agentes das polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal da região, além de um integrante da Polícia Civil do Rio de Janeiro.
A região foi escolhida pela posição geográfica estratégica, a qual interliga o sudeste com o centro-oeste e o norte do país, e facilita o gerenciamento nacional desse tipo de evento. A Receita Federal em Uberaba conta com auditório para até 100 pessoas e a Polícia Militar com campo de treinamento amplo, a apenas 500 metros uns dos outros, onde o curso será ministrado.
O curso capacitará os agentes em Partes/Peças/Funcionamento, Meteorologia, Regulamentos do Tráfego Aéreo Convencional, Legislação RPAS, Segurança de Voo, Configuração/Atualização/Extração-Análise de Flight Logs, Dicas de limpeza e conservação, Implicações Jurídicas do uso de RPAS, entre outros.
Com a capacitação para uso dessa nova ferramenta tecnológica, o objetivo final é fortalecer os trabalhos de segurança pública em ações de investigação e operações táticas por diversos órgãos em todo o país.
“A Receita Federal sempre busca capacitar os servidores integrantes da Divisão de Vigilância e Repressão (DIREP) em tecnologias modernas utilizadas nas atividades de repressão e fiscalização, visando o combate aos crimes de contrabando e descaminho.”

Confira outras notícias: