Seca é tema de encontro da Codau com Aciu e Sociedade Civil Organizada

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

As preocupações em atender a demanda de água da cidade durante o auge da seca foi o tema principal do encontro virtual, realizado nesta segunda-feira (21), pela Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Uberaba com o vice-prefeito Moacyr Lopes e o presidente da Companhia Operacional de Desenvolvimento, Saneamento e Ações Urbanas (Codau), José Waldir de Sousa Filho. O convite foi feito pelo presidente da Aciu, Anderson Cadima, para a participação na reunião com a diretoria plena da entidade.

“O momento é de cautela e preparação para uma seca histórica que já se avizinha em nosso município. E esta situação, que também é de atenção extrema, foi divulgada pelo Governo Federal no ‘Alerta de Emergência Hídrica’ para a bacia do rio Paraná. As consequências da falta de chuva são visíveis no rio Uberaba, que está com sua vazão baixa. O estresse hídrico do rio fez com que o sistema de transposição do rio Claro fosse ligado com 73 dias de antecedência. Agora em junho, quando o normal é setembro. O rio Uberaba baixou para 550 litros/segundo, em 2014, mesmo com a contribuição do rio Claro. Foi uma vazão próxima do limite. Estamos esperando este mesmo cenário para este ano de 2021”, revelou o presidente da Codau.

Ele também anunciou estratégias para abastecer bairros onde há deficiência de reservação doméstica, como é o caso de condomínios da região sul da cidade. Waldir Filho informou ainda sobre as intervenções em adutoras para acelerar a distribuição de água entre os centros de reservação e ainda falou sobre o projeto ambiental que a Codau está formatando para proteger a nascente principal do rio Uberaba, nas proximidades de Ponte Alta.

As discussões em torno do tema abastecimento público neste período de estiagem, que deverá ser um dos piores das últimas décadas, conforme já anunciado pelo Sistema Nacional de Meteorologia (SNM), mobilizou também a Sociedade Civil Organizada (SCO), que reúne representantes de instituições públicas e privadas de Uberaba. Um encontro virtual foi realizado na semana passada e a partir de então uma nova reunião foi agendada para esta terça-feira (22), em que se definiu a formação de uma Câmara Temática de Saneamento. As forças do poder público com a SCO se reunirão para elaborar ações de mobilização social de enfrentamento à seca. Os primeiros passos foram dados no encontro realizado entre a direção da Companhia, o coordenador da SCO, Antônio José Bessa Ferreira e os membros cap. Roberto Alves de Oliveira, representando a Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (Adesg) e Kedson Palhares, pela UFTM.

Confira outras notícias: