Secretaria de Saúde e Hélio Angotti promovem mutirão do Novembro Azul

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O mês vai mudar, mas o alerta de combate ao câncer e necessidade de diagnóstico precoce continua. Isso porque vem aí o Novembro Azul de conscientização e combate ao câncer de próstata, com a volta do já tradicional mutirão para a realização do exame de PSA e do toque retal. 

Conforme repassado à Folha Uberaba, a campanha neste ano será realizada numa parceria entre a Secretaria de Saúde de Uberaba e o Hospital Hélio Angotti, com apoio do Laboratório Lamel e Vencer (Associação dos Voluntários de Combate ao Câncer de Uberaba).

O público-alvo da ação são homens a partir dos 50 anos que residam em Uberaba. No caso de homens negros e/ou com histórico familiar da doença, a idade é a partir de 40 anos. O agendamento para participar do mutirão já começou, e deve ser feito nas unidades da Rede de Atenção à Saúde do município (todas as unidades de saúde). Os atendimentos serão nos quatro sábados de novembro (6, 13, 20 e 27/11) e dois sábados de dezembro (4 e 11/12), das 6h às 10h.

Na data marcada, os homens deverão ir até o Hospital Hélio Angotti, pegar uma senha e realizar a coleta do PSA (antígeno prostático específico) no Cenpre. Na sequência, são feitas as consultas e o exame de toque retal, no Ambulatório de Oncologia, no segundo andar do hospital.

Tanto para o agendamento quanto para os atendimentos, é preciso ter em mãos documentos pessoais (CPF e RG), cartão do SUS e comprovante de residência atualizado. Acompanhantes só serão permitidos em caso de pacientes debilitados.

O médico urologista do Hélio Angotti, Luciano Pousa Cartafina, destacou a importância da campanha e da realização dos exames. “Esses homens do público preconizado pelo Ministério da Saúde têm que saber que não precisam morrer por uma doença altamente curável, quando descoberta no início. Câncer de próstata não emite sinais no começo, não pode esperar sentir alguma coisa, precisa ter os exames regulares”, afirmou o especialista. Vale destacar ainda que o câncer de próstata é o tipo mais comum entre homens e 98% dos tumores descobertos ainda dentro da próstata têm cura.

Confira outras notícias: