SINDEMU cobra piso e revisão do plano de carreira durante audiência pública

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Propostas da Diretoria do Sindicato foram reafirmadas durante reunião para discutir a LOA 2022

O Sindicato dos Educadores do Município de Uberaba (Sindemu) participou da audiência pública que discutiu o Orçamento para 2022, sendo representado pelo seu presidente, Bruno Ferreira da Silva, a tesoureira Maria Claudia Farias, e 1ª secretária Maria Aparecida Dias Firmino.

Na oportunidade ele falou sobre a participação ativa do Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) na aprovação do orçamento da educação, pagamento do piso salarial, revisão do Plano de Carreira, formação de professores e Concurso Público, além de reforço do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais de Uberaba (Ipserv). O líder sindical alegou que tudo foi falado durante a campanha eleitoral. “Foram pautas colocadas pelo sindicato à então candidata Elisa. Foram compromissos fechados com a categoria, e agora estamos cobrando”, pontua.

Ele pede que o Poder Executivo cumpra suas promessas, e isto tem que ficar explicitado na elaboração do projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2022, que será enviado à Câmara de Uberaba. Para Bruno, a Educação e os trabalhadores do setor têm que ser pauta prioritária, já que é o caminho para a formação do cidadão.

Confira outras notícias: