Taxa de Ocupação de Leitos fica em 20% na rede pública e 9% na rede privada; índices mantêm cirurgias eletivas

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Governo Municipal apurou que a média da Taxa de Ocupação de Leitos UTI-Covid, com fechamento nesta quinta-feira (28), fica em 20% (rede pública) e 9% (rede privada). Os índices mantêm liberadas as cirurgias eletivas na próxima semana, conforme critérios definidos pela Secretaria Municipal de Saúde, na rede pública e na rede privada.

O índice é aferido para balizar a retomada ou não das cirurgias eletivas, com início na sexta-feira da semana anterior, com fechamento previsto para toda quinta-feira.

Como primeiro requisito para a retomada das cirurgias eletivas, a Taxa de Ocupação de Leitos de UTI-Covid tem que ficar abaixo de 70%, considerando a capacidade total de leitos UTI-Covid que cada rede assistencial do Município possui (rede pública: 60 leitos; rede privada: 43 leitos).

Confira outras notícias: