Uberaba segue ao longo da semana vacinando contra a Influenza nas Unidades de Saúde

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A 23ª Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza segue em Uberaba ao longo da semana atendendo a todos os grupos prioritários, em 18 Unidades de Saúde do município. Essa campanha de vacinação permitirá, ao longo de 2021, prevenir o surgimento de complicações decorrentes da doença, óbitos e suas consequências sobre os serviços de saúde, além de minimizar a carga da doença, reduzindo os sintomas que podem ser confundidos com os da Covid-19.

Seguem sendo vacinados todos os públicos prioritários sendo eles: crianças de 6 meses a 5 anos 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas com até 45 dias após o parto, trabalhadores da saúde, idosos a partir de 60 anos, professores, mais o público da 3ª etapa que teve início nesta semana, que inclui pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de Transporte Coletivo Rodoviário Passageiros Urbano e de Longo Curso, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, Forças Armadas, funcionários do Sistema de Privação de Liberdade e população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.

Para receber a vacina, é preciso apresentar um documento comprobatório de que a pessoa se enquadra em algumas das condições de prioridade. As pessoas pertencentes a grupos que já tenham sido incluídos na vacinação contra a Covd-19 devem, obrigatoriamente, apresentar o Cartão de Vacinas ou a pessoa não será imunizada.

É importante reforçar que a vacina da gripe e da Covid-19 devem ser tomadas com um intervalo de 14 dias. Caso esteja programado para a pessoa receber a vacina da Covid-19 nos próximos dias, ela deverá ser priorizada, e só depois de 14 dias deve tomar o imunizante contra a Influenza.

As Unidades de Saúde que estão aplicando a vacina da influenza são: Caism (Parque do Mirante), USF Jacob Pinto (Cássio Resende), USF Norberto de Ol. Ferreira- (Morada Sol/Vila Arquelau), Centro Saúde Eurico Vilela (Centro), USF Edison Fernandes (Residencial 2000), UMS Romes Cecílio (Morumbi), UBS George Chirré (Alfredo Freire), UBS Rio de Janeiro (Rio de Janeiro), UBS Lecir Nunes (Parque das Américas), UBS Virlânea (Maracanã), UBS Juca Inácio (Santa Maria), UBS Dona Aparecida C. Ferreira (Parque São Geraldo) e USF Dr. Edison Reis Lopes (Vila São Cristóvão).

Além das Unidades da Zona Rural, USF Sebastião L. Costa (Capelinha/Distrito da Baixa), UBS Francisco José S. Sabiá (Ponte Alta), USF Palmira Conceição (Santa Rosa), USF Dona Naná (Peirópolis) e UBS Fausto Cunha Borgico/ Eduardo Veloso – BR-050 (posto Taquaral) e BR-050 – Zona Rural (Posto Calcário).

Confira outras notícias:

Opinião

TDAH e os desafios na escola

*Margarete Chinaglia Na escola, há crianças que sentem como um turbilhão de coisas acontecendo ao mesmo tempo: são lápis e