Oferta de cursos livres aumenta no Brasil

Compartilhe este post

Os cursos livres, sejam on-line ou presenciais, de acordo com o Decreto Presidencial N° 5.154, de 23 de julho de 2004, são definidos pelos professores como uma modalidade de educação não formal. Nos últimos anos, devido à pandemia de Covid-19 e o consequente isolamento social pelo qual boa parte da população brasileira se submeteu, muitas pessoas começaram a fazer cursos livres ministrados por pessoas comuns e profissionais. 

De acordo com dados da Catho Educação, houve aumento de 68% nas inscrições para cursos EaD ou semipresenciais logo nos primeiros meses da pandemia. Já na plataforma de cursos online da Udemy, no mesmo período, o crescimento global foi de 425% no número de matrículas à distância.

Entre 2011 e 2021, o número de ingressantes em cursos superiores de graduação, na modalidade de EaD, cresceu 474%, segundo o Censo da Educação Superior 2021, divulgados pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) e pelo MEC. No mesmo período, a quantidade de ingressantes em cursos presenciais diminuiu 23,4%. Se, em 2011, os ingressos por meio de EaD correspondiam a 18,4% do total, em 2021, esse percentual chegou a 62,8%. 

Desde a pandemia, a modalidade explodiu no mundo inteiro, comenta Zenaide Carvalho, empreendedora e professora de cursos on-line desde 2015. “Hoje é possível a alguém que vai casar, comprar um curso de ‘Culinária para recém-casados’ ou quem deseja aprender a dar banho no seu pet, comprar um curso de ‘banho e tosa em casa’”, explica. Para ela, não há limite para o aprendizado e para aqueles que estão dispostos a compartilhar seu conhecimento pela internet.

Marketing digital é a estratégia para vender cursos

Depois de gravar e editar o conteúdo, é importante colocá-lo em alguma plataforma de cursos, como a Hotmart, a Eduzz, a Doppus, entre outras. “Estando as aulas nas plataformas, é hora de divulgar nas redes sociais e postar muito conteúdo, para despertar a atenção e o desejo dos seguidores”, revela a especialista em marketing.

Segundo Zenaide Carvalho, atuar em marketing digital é uma grande oportunidade para crescer seu negócio na internet. Segundo ela, o investimento em marketing digital é infinitamente menor do que em marketing tradicional. “É possível medir tudo que é feito, ao contrário do marketing tradicional. Criar conteúdo traz autoridade para quem faz”. 

A profissional pontua, porém, que a modalidade é diferente de se fazer um curso de formação. “Como eu sou professora de MBA em Marketing, sei das necessidades que as grades curriculares tradicionais exigem. Porém, em cursos on-line, nós compramos – ou criamos – simplesmente para resolver um único problema”, ressalta.

Para isso, basta saber o passo a passo, usar o conhecimento e desejar ser útil para alguém. “Exige uma conscientização que há um tempo para plantar e um tempo para colher, os resultados não aparecem de uma hora para outra. É preciso saber delegar, já que há muitas ferramentas para trabalhar no marketing digital para empreendedores”, completa.

Para saber mais, basta acessar:  https://instagram.com/zenaidecarvalhooficial

Confira outras notícias: