Agronegócio colhe informações para implementar política de apoio à piscicultura na região

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Equipes da Secretaria Municipal do Agronegócio e da Emater visitaram, nesta semana, a piscicultura em tanques rede do produtor Rodrigo Prata, tido como o maior criador de peixes da região de Uberaba.

O convite ao titular da Sagri, José Geraldo Celani, partiu do gerente Regional da Emater, Wilson Marajó Fernandes. Juntamente com os seus técnicos, eles puderam conhecer com detalhes a estrutura arrojada do piscicultor Rodrigo Prata. A propriedade, denominada Ponte de Terra, fica no município de Conceição das Alagoas, às margens do rio Grande.

No local, já há algum tempo, Rodrigo desenvolve piscicultura em mais de 120 tanques redes, instalados em trecho do rio Grande. A produção é exclusiva de tilápias, sendo o piscicultor referência em pescados na nossa região. Os peixes são comercializados em cidades de Minas Gerais e interior de São Paulo.

De acordo com Celani, a visita teve caráter informativo. “Dentro da nossa proposta de difundir e incentivar a piscicultura em Uberaba e região, é fundamental coletar o máximo de dados a respeito. Quantos piscicultores são, tecnologia aplicada, modalidade de criadouros e principais demandas, dentre outras questões pertinentes à piscicultura no Triângulo Sul”, destacou ele apontando outras visitas já agendadas, inclusive, a produtores que utilizam o método de tanques escavados.

A ideia, afirmou José Geraldo Celani, é dotar a Sagri de um confiável e atualizado banco de dados sobre a atividade no Município, a fim de implantar uma política pública que venha de encontro aos reais interesses dos produtores deste segmento. “A principal carência é a instalação de uma unidade de abate de pescado ou de outros incentivos”, apontou o secretário certo de que a prioridade do governo municipal sempre será de adotar ações que beneficiem a coletividade, sobretudo, os pequenos criadores de peixes.

Confira outras notícias: