Previous
Next

Agronegócio leva palestras informativas às comunidades rurais

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Governo Municipal, por meio da Secretaria do Agronegócio, promoverá nesta semana, nos dias 24 e 26, o projeto Palestras Informativas e Educativas aos moradores das comunidades rurais da Capelinha do Barreiro e Ponte Alta, respectivamente.

No dia 24 de agosto, a partir das 14h30, as atividades vão acontecer no auditório da Escola Municipal Dep. José Marcus Cherém, na Capelinha do Barreiro. O primeiro tema alusivo ao mês “Agosto Lilás” será abordado pela bacharel em Direito Juciara Moura Limírio, gerente do Centro de Integração da Mulher (CIM). Na sequência, falará o historiador Gustavo Vaz Silva, da Fundação Cultural de Uberaba. Ele discorrerá sobre “Aprendendo com o mundo e a cultura em que vivemos”. O evento vai contar com a parceria do corpo docente da escola e da Associação de Moradores da Capelinha.

Já na quinta-feira, dia 26 de agosto, no mesmo horário, as apresentações serão levadas aos moradores de Ponte Alta. Lá, as palestras vão acontecer no Clube Social, com apoio do Clube de Mães e da direção das Mulheres Artesãs de Ponte Alta.

A retomada do projeto Palestras Informativas e Educativas, relatou a coordenadora Maria José Souza, contará com a presença do secretário do Agronegócio, José Geraldo Borges Celani, e do diretor de Produção Agropecuária, Raoni Terra. Ela ressaltou que serão seguidos todos os protocolos sanitários da Covid-19, com distanciamento social entre os participantes, uso obrigatório de máscaras e dispensadores de álcool em gel. “Também serão limitados os tempos das apresentações”, informou.

Maria José lembrou que esta iniciativa teve início em 2014, com as palestras do Programa “Mães de Minas”, numa parceria com a Secretaria de Estado da Saúde. “Um ano depois, começamos a apresentar temas diversos atendendo pedidos dos dirigentes das Associações de Moradores e das próprias escolas rurais”, contou ela. A técnica da Sagri enfatizou que a meta é informar e discutir com as comunidades rurais assuntos que tenham interesse, como profissionalização, economia, direitos previdenciários, drogas, microempresas e assim por diante.

As palestras, complementou Zezé, também são importantes no processo de integração entre moradores e instituições públicas e privadas.

Confira outras notícias: