Previous
Next

Agronegócio recebe visita de equipe da Secretaria do Produtor Rural de Frutal

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Secretaria Municipal do Agronegócio, por meio do seu titular, José Geraldo Celani, recebeu nesta quinta-feira (12), integrantes da recém-criada Secretaria do Produtor Rural, do município de Frutal-MG. Eles vieram se informar melhor sobre os serviços prestados pela Pasta uberabense, como o de preparo do solo para pequenos produtores.

Na comitiva frutalense, o secretário do Produtor Rural, Carlos Humberto Ferreira Júnior; a agrônoma Marina Vergílio; o assessor de Meio Ambiente José Eduardo Silva e do setor Administrativo, Marciel de Paula. Por mais de duas horas eles puderam trocar e colher experiências dos técnicos da Sagri, incluindo além do secretário, os diretores de Produção Agropecuária, Raoni Terra, e Conservação de Estradas Rurais, Álvaro Andrade.

Segundo Carlos Humberto, a Secretaria do Produtor foi criada em janeiro pelo prefeito Bruno Augusto de Jesus Ferreira, do PP. “Antes era apenas um Departamento da Agricultura. Porém, como Frutal é um município fortemente ligado ao agronegócio, com área de 2.427 km² e população acima de 60 mil habitantes, viu-se por bem criar a Pasta para atender melhor os produtores em geral, sobretudo, os pequenos”, disse, ressaltando que a visita a Uberaba visou colher a vasta experiência da Secretaria do Agronegócio, seja com manutenção de estradas, realização de feiras livres, implementação de projetos nas comunidades rurais e, principalmente, prestação de serviços com tratores para os pequenos produtores.

O secretário Celani apresentou a estrutura enxuta da Sagri com apenas cinco departamentos: Estradas, Agropecuária, Abastecimento, Inspeção e Administrativo. Segundo ele, fundamentais para o bom funcionamento da Pasta. Através dos técnicos, o secretário relatou a expertise da equipe na manutenção de estradas, inclusive, com uso de material triturado da construção civil e a implementação do projeto “Estradas Ecológicas”, cujo destaque é o graid elevado da via. Ele também apresentou a pujança das feiras livres, o trabalho social e de integração com as comunidades rurais, usando as escolas como base e os projetos em parcerias com universidade e instituições do agro, assim como a utilização de recursos, através de emendas parlamentares, na implantação de unidades de processadoras, citando como exemplo o miniabatedouro de aves e a queijaria.

Sobre a prestação de serviços aos pequenos produtores, através de tratores e implementos agrícolas, José Geraldo entregou ao secretário Carlos Humberto cópia do projeto do Fundo Municipal de Máquinas – Fundomaq, que a partir de 2022 terá lei específica. “Primeiro é preciso a frota, seja locada ou própria como a nossa. Depois organizar um sistema de cadastramento dos interessados, estabelecer logística de atendimento e criar um fundo com conta específica para recebimento da contribuição dos produtores, de maneira que o dinheiro é depositado direto no sistema bancário, com os valores sendo revertidos, posteriormente, em investimentos benéficos às comunidades rurais”, enfatizou.

O titular da Pasta em Frutal disse que a ideia é enviar projeto de lei, no modelo do Fundomaq, para apreciação e aprovação da Câmara Municipal. “Este é só o nosso primeiro ano de secretaria e queremos fundamentar nossas atividades em leis e seguindo exemplos de municípios, como Uberaba, onde há uma avançada e complexa prestação de serviços ao homem do campo”, frisou, salientando a excelência de Frutal na produção de abacaxi, sendo o município, atualmente, o maior produtor de Minas Gerais e quarto do País. “São cerca de 220 produtores de abacaxi, a maioria pequenos agricultores, que merecem do apoio do Poder Público, ainda mais agora com a geada que comprometeu 50% das lavouras”, realçou.

O secretário fez questão de destacar, ainda, que Frutal é forte produtor de cana-de-açúcar, laranja, soja e milho, além de significativa bacia leiteira.

Confira outras notícias: