Previous
Next

CEI do Lixo se reúne e tem dificuldade em localizar presidente do Convale

Compartilhe este post

Vereadores que compõem a Comissão Especial de Inquérito do consórcio Convale, que apura o contrato de coleta de lixo na cidade de Uberaba, se reuniram nesta quarta-feira, dia 10. Este é o terceiro encontro dos legisladores, e estava prevista a presença do presidente do consórcio, Renato Soares, que não compareceu por não ter sido localizado para receber a intimação.

Luizinho Kanecão, presidente da CEI, destacou que mesmo no período de fim de ano o trabalho permaneceu ativo. “Hoje, realizamos a terceira reunião da CEI, mas nosso trabalho não parou. Desde o dia em que ela foi instaurada, a gente vem trabalhando nessa questão de documentos necessários, na elaboração de questionamentos, estudando o contrato que é muito extenso. São oito municípios que participam desse consórcio”, detalha.

Além disso, Luizinho falou sobre as tentativas, via Correios, de localizar o presidente do Convale, Renato Soares, e como serão as próximas abordagens. “O Renato Soares ocupa dois cargos de relevância: prefeito de Campo Florido e presidente do Convale. Nós o intimamos via presidência da Convale e não como prefeito. Foram três vezes, não conseguiram localizá-lo e agora nós vamos utilizar de outros meios para intimá-lo para que ele possa vir à CEI e dar o depoimento”, pontua.

Propositor e vice-presidente da CEI, Caio Godoi, mencionou a ausência do principal gestor do Convale. “Acredito que a falta do Renato Soares se deu somente pelo fato de não ser localizado. Talvez estava viajando porque as tentativas foram nos dias 21, 22 e 23 de dezembro […] e a CEI tem o poder de intimar via Judiciário e podemos utilizar disso, mas acho que não seja o caso do Renato Soares”, revela.

Caio revelou que já traçou a linha de questionamento que irá seguir e disse também que outras oito pessoas estão intimadas para prestar depoimento nesta semana. A CEI que investiga o contrato entre a Prefeitura de Uberaba e o Convale é composta por Luizinho Kanecão, presidente, Samuel Pereira, relator, e Caio Godoi, vice-presidente.

Confira outras notícias: