Previous
Next

Coluna Mozart Jr. sem censura

Compartilhe este post

Palavras
“A farda emoldura o corpo e atrofia a mente.”
Che Guevara

Revolta
Decisão tomada pela Secretaria Municipal de Educação causou revolta entre professores nesta terça-feira. Vários profissionais procuraram a Folha Uberaba para falar do ocorrido.
Segundo os reclamantes, a secretaria simplesmente esperou passar o prazo para mudanças de lotação, ou seja, quando os profissionais escolhem o destino para o próximo ano e hoje, avisou que vários teriam que ficar a disposição do RH que determinará o destino à revelia.

Desprestigiados
Os profissionais sentiram-se desprestigiados, ainda mais em se tratando de servidores efetivos, com muitos anos de serviços prestados e que foram informados que a preferência será por designados…

Para onde?
Agora, com a maioria das escolas já com as equipes definidas, que escolha terão? Por que não comunicaram que seria assim antes?

Sindicato
Muitos professores já acionaram o sindicato, outros buscam apoio junto a vereadores para tentar reverter a situação.
Uma coisa é certa, não se sabe que dividendos isso trará em um momento como o de agora, que antecede um ano eleitoral.

Denúncias
Até denúncias contra a secretaria de educação começam a correr em grupos políticos,de questões relacionadas a supostos casos de nepotismo, até a ausência de professores para várias matérias estão sendo usadas pela oposição.

Sem retorno
Solicitei uma posição da secretaria municipal de educação, recebi a informação de que o que está acontecendo é apenas remanejamento de alguns professores que estavam em desvio de função, porém as informações repassadas pelos profissionais, com dados, não condizem com essa alegação. Estou aguardando um posicionamento do secretário Celso Neto para esclarecer todos esses questionamentos.

Confirmado
Além da confirmação da informação que trouxe na minha última coluna, sobre a entrega do cargo por diretores da Codau , solidários ao ex-presidente e que, teriam ouvido do atual, para que dessem um prazo de 48 horas para que ele analisasse a situação, outra notícia sobre a mudança circulou pela rádio peão nesta terça-feira.

Dedo invisível
Segundo os rumores, na queda de José Valdir, teria o dedo de uma liderança política que tem garantido que caminhará com a prefeita e teria colocado essa condição como fundamental para manter esse apoio. Aliás, pela rádio peão também circula que essa liderança está cada vez mais dentro da coordenação do atual governo.

Confira outras notícias: