PMU e parceiros divulgam novas modalidades de apadrinhamento de crianças e adolescentes

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Governo Municipal, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds), Judiciário, Ministério Público e demais órgãos de execução do projeto de apadrinhamento em Uberaba, promove nesta sexta-feira (15) evento on-line para divulgar as novas modalidades de apadrinhamento de crianças e adolescentes sob medida protetiva em abrigo.

A apresentação será das 9h às 10h30 pelo canal no YouTube do Projeto Portas Abertas. O objetivo é sensibilizar novas “madrinhas” e “padrinhos” para garantir o direito à convivência familiar e comunitária ao acolhido com pequena possibilidade de retorno à família de origem ou de adoção. As instruções e critérios para habilitação serão explanados durante a transmissão.

Além do apadrinhamento afetivo, a iniciativa em Uberaba contempla, agora, outras duas categorias: prestador de serviços e provedor. Conforme o titular da Vara da Infância e da Juventude da comarca de Uberaba, Marcelo Geraldo Lemos, a expectativa com a expansão das modalidades é aumentar a adesão. “Percebemos que, às vezes, o interessado não tem tempo regular para passar com a criança ou com o adolescente, mas tem vontade de levar oficinas e atividades para a instituição, ou pode contribuir financeiramente com alguma demanda específica do acolhido”, pontuou o juiz.

Em Uberaba, cinco abrigos acolhem o público infantojuvenil para execução do serviço de acolhimento institucional por ordem judicial e/ou como medida protetiva. Três instituições são do Município e geridas pela Seds, enquanto o restante é cofinanciado pela Prefeitura. A secretária de Desenvolvimento Social, Gicele Gomes, destacou a importância do apadrinhamento para os abrigados. “Temos o compromisso de assegurar os direitos das nossas crianças e adolescentes. Nesse sentido, o apadrinhamento é uma forma de garantirmos o estabelecimento de vínculos afetivos e sociais e colaborarmos com o desenvolvimento dos que estão acolhidos nos abrigos.”

Programação

Para ter direito ao certificado de participação, é preciso se inscrever previamente pelo site da Seds, em uberaba.mg.gov.br/seds. Confira abaixo a programação do evento:

Abertura

Sensibilização
Ana Mafalda Azôr | psicóloga

Depoimentos
Mariângela Terra Branco Camargos | madrinha
Diogo Henrique Marques Martins | afilhado

O que é o apadrinhamento? Modalidades e Termos legislativos
Marcelo Geraldo Lemos | titular da Vara da Infância e da Juventude da comarca de Uberaba

Apadrinhamento provedor e prestador de serviços
Claudia Cristina da Silva | chefe do Departamento de Proteção Social Especial da Secretaria de Desenvolvimento Social

Apadrinhamento afetivo
João Pedro Ribeiro | psicólogo do Lar da Caridade

Bate-papo e tira-dúvidas

Modalidades de apadrinhamento

No apadrinhamento afetivo, o padrinho ou madrinha passa finais de semana, feriados ou férias escolares na companhia do institucionalizado. Na modalidade de prestador de serviços, a pessoa natural ou jurídica, por meio de ações de responsabilidade social junto às instituições, cadastra-se conforme sua especialidade de trabalho ou habilidade. Já no apadrinhamento provedor, a pessoa natural ou jurídica dá suporte material ou financeiro à criança ou ao adolescente.

Confira outras notícias: