PMU recebe representantes de loteamentos para discussão sobre infraestrutura

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O prefeito em exercício, Moacyr Lopes, recebeu na tarde desta quinta-feira (18) o vereador Professor Wander (PSC), que estava acompanhado de representantes de loteamentos das chácaras Santa Fé, Portal do Sol, Recanto das Flores, Mariitas e Capelinha do Barreiro. Eles levaram diversas reivindicações como regularização, iluminação, manutenção das vias e estradas de acesso, coleta de lixo, drenagem pluvial, dentre outras.

Segundo Professor Wander, as demandas correspondem especialmente às dificuldades, como saneamento básico e infraestrutura, que são mais urgentes, porém esbarram muitas vezes em questões burocráticas ligadas a essas regularizações. “As medidas necessárias para essas melhorias não dependem apenas do Governo Municipal, mas de uma burocracia para atualizar e regularizar essas comunidades”, salientou.

Representantes das secretarias de Serviços Urbanos e Obras e do Planejamento também estavam presentes na reunião. Moacyr determinou que se encontrem soluções necessárias dentro do alcance das atribuições do Município. “Isso porque em alguns casos é necessária a regularização fundiária dessas chácaras e, até que isso aconteça, a Prefeitura não tem respaldo legal para agir”, disse.

Segundo o executivo, ainda será solicitada reunião com Ministério Público e Companhia Habitacional do Vale do Rio Grande (Cohagra) sobre a regularização fundiária. “Nesse aspecto, o caminho poderá ser o Programa Minha Casa Legal, através da lei de Reurbanização Social/Reurb-S, que já vem ocorrendo com alguns locais, como na Capelinha do Barreiro”, destacou.

De acordo com a Sesurb, já está em tramitação no Departamento de Iluminação, processo solicitando a expansão de redes da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). Foram feitos contatos com a concessionária da BR-050, Ecovias, para cessão de fresa asfáltica a ser usada na melhoria dos acessos aos bairros rurais. Com a Companhia Operacional de Desenvolvimento, Saneamento e Ações Urbanas (Codau) serão tratadas a periodicidade da coleta de lixo, a drenagem e implantação de redes de esgoto.

A moradora de Santa Fé, costureira Josi Reis, saiu satisfeita com o resultado da reunião tendo em vista que, segundo ela, pela primeira vez esses moradores são ouvidos com atenção e isso, a seu ver, é metade da situação realizada. “No passado não conseguimos nem ser recebidos de forma alguma, mesmo estando mobilizados, e agora é possível verificar que com boa vontade e empenho é possível encontrar os caminhos”, concluiu.

Confira outras notícias: