Prefeitura destaca apoio aos pequenos agricultores e produtores de hortifrutigranjeiros

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Como faz habitualmente, o secretário do Agronegócio, José Geraldo Celani, visitou a unidade da Ceasa e conversou com os produtores que expõem suas mercadorias na “pedra”, nesta quinta-feira, dia 24. Ele falou à classe da determinação da equipe Sagri em motivar, apoiar e assistir o pequeno produtor em Uberaba, dentre eles, os produtores de hortifrutigranjeiros.

Acompanhado dos diretores de Abastecimento, Mauro Genésio, e de Produção Agropecuária, Raoni Terra, o titular da Sagri pôde conferir de perto a grande movimentação, principalmente, entre 6h e 8h. Para se ter uma ideia, nesta quinta-feira, 34 produtores participaram das comercializações, com ocupação de 40 espaços, sendo que comerciantes dos mais diversos pontos da cidade marcaram presença nas compras.

Produtor de quiabo e maracujá, ativo na Ceasa desde a sua inauguração, Jeremias Colmonetti entende que os produtores na “pedra” precisam se unir ainda mais para enfrentar estes tempos de crise. “Infelizmente, tem gente que torce para dar errado”, disse ele em alusão a vídeo divulgado por comerciante. Já Otaíde Souza, produtor de abobrinha e jiló, há seis anos vendendo na “pedra”, defende o incentivo para o aparecimento de mais produtores. “Afinal, o que a gente traz pra cá vende, inclusive para o programa do governo federal e também, não raras vezes, ajuda instituições filantrópicas da cidade”, relatou.

Erivelton Oliveira, produtor de cebolinha, salsinha e rúcula em chácara no Recanto das Flores, disse que não tem do que reclamar. “Tudo que exponho na Ceasa, apesar da pandemia, consigo vender”, afirmou. Produtor no mesmo segmento, Carlos Henrique Gomes Barbosa de Oliveira reivindicou divulgação. “É preciso criar meios para colocar na mídia a nossa pedra do produtor, falando das mercadorias produzidas aqui, com qualidade e os melhores preços da praça”, opinou.

Neste bate-papo, Celani ouviu, anotou sugestões, mas também fez questão de apresentar o trabalho do Governo Municipal, cuja prioridade é o pequeno produtor da Agricultura Familiar. “Tenho convicção de que a Ceasa não só pode, como vai melhorar. Esta luta é de longa data, mas vamos avançar”, garantiu ele, enfatizando que a abertura da unidade mais cedo, às 6h, já foi uma ação evitando que o atravessador procure outras praças em detrimento da na unidade.

Além disto, o secretário informou que com a nova sistematização da Patrulha Rural, cujos tratores voltaram para o controle do Departamento de origem, o de Produção Agropecuária, este apoio ao pequeno produtor e, claro, ao produtor de hortifrútis, vem ganhando intensidade. Isto, salienta, tanto na assistência técnica, com cinco agrônomos e cinco zootecnistas, como na prestação de serviços, com a recuperação, rigor e eficiência da frota.

“Também, a partir do segundo semestre, a Sagri estará beneficiando os pequenos produtores com a doação de milho semente, através de emenda do deputado federal Zé Silva e distribuição de fertilizantes (adubo) para correção do solo, por meio do deputado Franco Cartafina”, complementou.

“Também estamos contactando os comerciantes da cidade no sentido de atrair mais compradores para a produção genuina de Uberaba que está na Ceasa. Da mercearia às grandes redes, é fundamental que todos valorizem o nosso produtor de hortifrutigranjeiros, afinal, com esta garantia nas vendas, ele irá produzir ainda mais”, arrematou Celani, acrescentando a disposição do Governo Municipal, anunciado em visita ao Assentamento Dandara, de revitalizar a Ceasa e fomentar o “cinturão verde” de Uberaba.

Confira outras notícias: