Projeto Terreiro Legal avança mais uma etapa

Compartilhe este post

Na tarde desta quarta-feira (19), a Coordenadoria de Políticas de Igualdade Racial (CPIR) e o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (Compir), em mais uma etapa do Projeto Terreiro Legal, entregaram as documentações para mais cinco Organizações Religiosas de Matriz Africana do Município de Uberaba.
A documentação foi entregue pelo presidente da Fundação Cultural de Uberaba “Professor Antônio Carlos Marques”, Cássio Facure, pelo coordenador da CPIR, Reginaldo Silva e pela professora e presidente do Compir, Maria Abadia Vieira.
Foram beneficiadas a Casa de Umbanda Caboclo Penacho, Ilê Asé de Oxum e Xango, Centro Nzo Kingongo Oxi, Tenda de Umbanda Jurema, Terreiro de Umbanda Pai Antônio das Almas.
O projeto, que tem auxiliado nesse primeiro passo para a regulamentação e regularização dessas organizações, já contemplou mais de 50 novas organizações.

Confira outras notícias: