Segurança Pública de Ponte Alta será reforçada

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Dando retorno às demandas de segurança pública apresentadas pelos moradores do bairro rural de Ponte Alta à prefeita Elisa Araújo e sua equipe no dia 17 de junho, a Secretaria de Defesa Social (SDS) e o Conselho Municipal de Segurança Pública (Comseg) buscaram harmonizar esforços com as diversas forças de segurança presentes no Município. O objetivo, segundo o secretário executivo do Conselho, coronel BM Alexandre Marcelo Costa de Oliveira, é aumentar a segurança objetiva e subjetiva dos moradores naquela localidade.

Entre as ações está a viabilização do aumento das rondas da PM, principalmente no horário bancário, restabelecendo o Ponto de Apoio para as forças de segurança. O coronel Alexandre ressaltou a ajuda do vereador Professor Wander nesse sentindo, pois, o parlamentar reformou o imóvel, que é da Prefeitura para esta finalidade, bem como disponibilizou o mobiliário, como computador, telefone, linha de internet, entre outros. “Isso nos dá condições para que Ponte Alta receba as forças de segurança, apoiando tanto os militares quanto a Guarda, quando estiverem lá fazendo ronda”, destacou.

Ainda estão sendo viabilizadas câmeras de monitoramento em três pontos cruciais do bairro, que serão integrados ao Cidade Vigiada. Outras duas câmeras estão sendo adquiridas para a comunidade de Peirópolis. Um núcleo de Defesa Civil também será implantado em Ponte Alta e a Polícia Militar irá estender o programa Vizinhos Protegidos para o bairro.

“Estamos envolvendo a Câmara Municipal nesses esforços, na pessoa do vereador Professor Wander, o nosso Conselho Municipal de Segurança Pública, a Secretaria de Defesa Social, com a Guarda Municipal, a Polícia Militar, a Polícia Militar Rodoviária, a Associação Comunitária de Ponte Alta e a Companhia de Desenvolvimento de Informática de Uberaba (Codiub)”, relatou o secretário executivo.

“A expectativa é estender esse ‘círculo de proteção’ para todas as comunidades rurais de Uberaba”, disse o coronel Alexandre.

Infraestrutura. Representantes das secretarias de Serviços Urbanos e Obras (Sesurb), Meio Ambiente (Semam), Planejamento (Seplan) e Companhia Habitacional do Vale do Rio Grande (Cohagra), também estiveram na comunidade rural.

Segundo o secretário de Planejamento, Carlos Delfino Pereira, foi elaborada uma planilha sobre as demandas. os representantes do Governo Municipal fizeram o levantamento dos problemas e possíveis soluções.

Entre as reivindicações da comunidade consta a ampliação do Cemitério Bom Pastor. Será realizado levantamento topográfico da área necessária, para elaboração e execução do projeto e da obra. A informação é do secretário adjunto da Sesurb, Pedro Arduini. Também foi visitada a área do novo loteamento Águas Claras, a ser instalado no bairro.

Quanto à recomposição asfáltica, a Secretaria fará a operação tapa-buracos na próxima semana. “A iluminação de LED já é uma realidade em Ponte Alta, o Governo Municipal irá fazer a modernização e a melhoria da iluminação na praça existente ao lado do clube. Está em estudo também a instalação de ecoponto com caçambas para resíduos de construção e inservíveis”, destacou.

De acordo com o superintendente de Trânsito e Mobilidade Urbana da Secretaria Municipal de Defesa Social (SDS), Rodrigo Carmelito, está sendo avaliada solução para rotatória na entrada de Ponte Alta, onde existe um ponto estreito e de curva fechada, o que coloca em risco os motoristas que trafegam pelo local.

Já o superintendente de Transporte Público daquela Pasta, Cristiano Melo da Silva, informou que já existe uma regularidade no horário do transporte coletivo, porém, foi feita solicitação por parte da empresa RHI Magnesita, com filial em Ponte Alta, para voltar os horários anteriores à pandemia. A PMU aguarda a informação sobre a quantidade de pessoas que seriam atendidas.

Confira outras notícias: