Tradição do ‘Mercadão’ atrai comitiva de Perdizes

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Governo Municipal, por meio da Secretaria do Agronegócio (Sagri), recebeu, nesta quarta-feira (7), comitiva de Perdizes que veio conhecer o funcionamento do Mercado Municipal de Uberaba – o “Mercadão”. De base econômica agropecuária, a cidade pretende construir um mercado municipal focado no pequeno produtor rural.

A reunião, na parte da manhã, foi no Centro Administrativo. Equipe da Sagri, composta, entre outros, pelo secretário da pasta, José Geraldo Borges Celani, reuniu-se com a secretária de Agropecuária, Meio Ambiente e Limpeza Pública de Perdizes, Thaís Almeida Ferreira da Cunha, a extensionista agropecuária da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) em Perdizes, Aline Borges Torino e o vereador Orlando Júnior. À tarde, o grupo de Perdizes seguiu para o ‘Mercadão’, na praça Manoel Terra.

Conforme a secretária de Agropecuária, Meio Ambiente e Limpeza Pública de Perdizes, o ‘Mercadão’ foi escolhido devido à localização próxima entre Uberaba e Perdizes e à tradição do espaço. A ideia de construir um mercado municipal em Perdizes, cidade com estimativa de pouco mais de 16 mil habitantes, surgiu a partir da demanda de feirantes, contou a secretária.

“Estamos fazendo um levantamento das áreas em Perdizes em que há a possibilidade de montar o mercado. A gente entra muito motivado. Essa troca de experiência é legal para nos prepararmos, também, para as dificuldades”, ressaltou Thaís.

Durante a reunião, foram abordados temas como gerência do Mercadão, estrutura, produtos comercializados, licitação para ocupação dos boxes e validade da permissão, além dos desafios. “Fico muito feliz por podermos contribuir, a partir da nossa experiência, com o projeto de mercado municipal de Perdizes, que, claro, tem suas particularidades até mesmo devido ao tamanho da cidade”, pontuou o secretário do Agronegócio de Uberaba, José Geraldo.

Do Governo Municipal, também estiveram presentes, o chefe do Departamento de Produção Agropecuária, Raoni Terra de Oliveira Borges, o chefe do Departamento de Abastecimento, Mauro Genésio, o chefe da Seção de Desenvolvimento Rural, Matheus Oliveira Alves, e o chefe da Central de Abastecimento (Ceasa), Carlos Henrique Geraldo.

Confira outras notícias: