Uberaba manterá modelo híbrido nas unidades escolares da rede municipal

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

As aulas na rede municipal de ensino de Uberaba continuarão sendo ofertadas no modelo híbrido até o final do ano letivo de 2021. A decisão foi tomada pelo Governo, por meio da Secretaria de Educação (Semed), após reunião na manhã desta segunda-feira, sob o comando da titular da Pasta, secretária Sidnéia Zafalon.

“O Município tem um sistema de ensino próprio, que abrange toda a rede municipal e a Educação Infantil das instituições privadas, incluindo as conveniadas/Organizações da Sociedade Civil (OSCs)”, explicou Sidnéia, razão pela qual Uberaba não vai aderir à retomada 100% presencial obrigatória anunciada pelo Estado, para dia 3 de novembro.

Ela cita o Artigo 2º, inciso VIII da Lei 13.499/18 (Sistema Municipal de Ensino), segundo o qual, o Município tem autonomia pedagógica, administrativa de gestão e financeira das escolas municipais.

De acordo com a secretária, a rede está estruturada e vai encerrar o ano letivo de 2021 no modelo híbrido, atendendo a todos: os que enviaram os filhos para a escola e os que optaram por ficar em casa, com aulas remotas.

Sidnéia pondera que faltam apenas 35 dias para encerrar o ano letivo, nem todos os professores tomaram a segunda dose da vacina, assim como os adolescentes de 12 a 17 anos, além do fato de que “a pandemia não acabou e a realidade local não é favorável ao retorno 100% presencial e obrigatório”.

Conforme salienta a secretária de Educação, a rede municipal de ensino continua seguindo o decreto municipal vigente.

Antes de se reunir com os diretores da Pasta – Luciana Cruvinel (Ensino), Maria Inez Pucci de Martino Prata (Apoio à Educação Básica), Denis de Oliveira (Logística) e Ruy Guimarães (Gestão, Planejamento e Finanças) – tendo ao lado a secretária adjunta, Cristiana Borges e a assessora de gabinete, Fátima Fortes, Sidnéia conversou com a prefeita Elisa Araújo.

Confira outras notícias: