Webinário da Opas/OMS marca abertura do “Agosto Lilás” no Município

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Em conjunto com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas/OMS) no Brasil, o Governo Municipal promoverá o webinário “Violência doméstica e de gênero e suas implicações na saúde da mulher”. A organização é da Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds), por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para Mulheres, e da Secretaria de Saúde (SMS), por meio da Seção de Educação em Saúde, e do Centro de Atendimento Integral à Saúde da Mulher (Caism).

Será na última quinta-feira de julho (29), das 15h às 17h, com a participação de consultoras nacionais da Opas/OMS. O evento marca o início do “Agosto Lilás” no Município, mês de conscientização pelo fim da violência contra a mulher.

O público-alvo são servidores do Município da rede de enfrentamento à violência contra a mulher e seus demais integrantes. Conforme destaca a coordenadora de Políticas Públicas para Mulheres, Anna Maia Jampaulo de Andrade, “o objetivo é capacitá-los quanto aos aspectos biopsicossociais da violência doméstica e como isso afeta a saúde da mulher”.  

Os organizadores entrarão em contato previamente com os setores para indicação dos participantes.

Programação – A prefeita de Uberaba, Elisa Araújo, e a secretária de Desenvolvimento Social, Gicele Gomes, farão a abertura. Em sequência, será apresentado o fluxograma de atendimento à vítima de violência doméstica em Uberaba.

O tema do webinário será abordado pelas consultoras nacionais de gênero e de direitos humanos da Opas/OMS, respectivamente, Ana Gabriela Sena e Akemi Kamimura.

Sena é antropóloga e mestre em Antropologia Médica e Saúde Internacional. Trabalhou no Ministério da Saúde na implementação de políticas públicas visando à promoção da equidade em saúde para populações em situação de vulnerabilidade.

Kamimura é advogada, especialista e mestre em Direitos Humanos pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) e especialista em Direitos Humanos e Mulheres pela Universidade do Chile.

Para encerrar, será aberta uma roda de conversa. Haverá emissão de certificado para os participantes do webinário.

Confira outras notícias: