Bombeiros localizam corpo que pode ser da vigilante que foi arrastada pela correnteza

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Segundo as informações repassadas à Folha Uberaba, o corpo de uma mulher foi encontrado próximo ao rio Conquistinha e de acordo com informações de familiares, uma tatuagem pode ser a confirmação da identidade da vigilante Angélica Silva Lima de 35 anos, ela teve o carro arrastado pela enxurrada na última sexta-feira, 1, quando tentou atravessar trecho inundado da avenida Padre Eddie Bernardes, no bairro de Lourdes  e acabou caindo no córrego dos Carneiros.

Confira outras notícias: