Previous
Next

Escolas de Uberaba promovem ações especiais no Dia da Conscientização do Autismo

Compartilhe este post

Nesta terça-feira (2), a rede municipal de ensino de Uberaba promoveu atividades em celebração ao Dia Mundial da Conscientização do Autismo. As ações trouxeram conversas significativas, atividades especiais e dinâmicas, destacando a importância de compreender, respeitar, valorizar e apoiar as pessoas no espectro autista.

No Centro de Referência em Educação Inclusiva (CREI), um painel foi montado em homenagem ao Dia da Conscientização. O espaço ofereceu uma oportunidade para educadores, alunos e membros da comunidade refletirem sobre as experiências das pessoas com autismo e discutirem maneiras de promover uma sociedade mais inclusiva.

“Pelo fato de algumas crianças terem sensibilidade sensorial e devido ao pouco tempo em que permanecem no ambiente, não achamos conveniente fazer algo que gerasse risco de desregulamentação, pois os alunos mantêm a rotina escolar normalmente. E celebrar essa data tão importante é reforçar os princípios de respeito, inclusão, equidade e amor pelas pessoas”, ponderou a chefe do Departamento de Educação Inclusiva de Uberaba, Gismeire Portes.

No Cemei Prof.ª Maria Emerenciana Cardoso, no Jardim Maracanã, uma recepção especial foi organizada para alunos e pais. O dia foi marcado por um piquenique acolhedor, onde as famílias se reuniram para confraternizar e compartilhar experiências. Além disso, houve uma roda de escuta e oferta de brincadeiras adaptadas. Na unidade, 12 crianças com o diagnóstico estão matriculadas atualmente.

Na E.M. Urbana Frei Eugênio, a celebração incluiu a distribuição de materiais para lembrar a data e fortalecer os valores de “amar, respeitar e incluir”. Essa iniciativa visa não apenas aumentar a conscientização sobre o autismo, mas também promover a empatia e a aceitação dentro da comunidade escolar, a partir dos esclarecimentos às crianças.

“O dia 2 de abril tem como objetivo conscientizar toda a sociedade sobre a realidade da pessoa com autismo, esclarecendo melhor sobre suas características, especificidades, necessidades e potencialidades, visando uma sociedade mais consciente, menos preconceituosa e mais inclusiva. Esta é a ação da comunidade Urbana Frei Eugênio, acolher e disseminar o respeito entre todos”, ressaltou o diretor Jonathan Almeida.

Outras ações referentes ao tema estão previstas para acontecer nas unidades no mês de abril, para ampliar a discussão e o impacto positivo na comunidade escolar.

Confira outras notícias: