FCU participa de imersão cultural em Uberlândia

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Equipe da Fundação Cultural de Uberaba (FCU) esteve em Uberlândia para visita técnica na última sexta-feira (1º). O objetivo foi conhecer o Centro Municipal de Cultura de Uberlândia, complexo onde está localizada a Secretaria de Cultura e Turismo, além dos espaços e equipamentos culturais da cidade. A visita foi motivada pela abertura, no mesmo dia, da exposição das obras do artista mineiro Hélio Siqueira no Espaço Cultural do Mercado Municipal de Uberlândia.

A primeira parada foi no Centro de Cultura, na área central de Uberlândia. A equipe da Fundação esteve com a secretária de Cultura, Mônica Debs Diniz; o diretor de Arte e Cultura Integradas, Alexandre França; a diretora de Igualdade Racial, Pollyanna Fabrini, e a diretora de Patrimônio Histórico, Valéria Queiroz.

A secretária Mônica Debs Diniz conversou sobre as dificuldades do fomento à cultura durante a pandemia, além das conquistas e desafios da secretaria durante sua gestão.

“A experiência da pasta de Cultura de Uberlândia vai nos ajudar a lapidar nossos diamantes, nosso trabalho cultural. Também estamos abertos para parcerias”, afirmou o presidente da FCU, Cássio Facure. 

A equipe da Fundação conheceu o complexo do Centro Municipal de Cultura, onde ficava o antigo Fórum de Uberlândia. O prédio é um espaço multifuncional que integra biblioteca, sala de ensaio da Banda Municipal, teatro de bolso, galeria de arte e área destinada à realização de eventos diversos. A exposição permanente “Cabeças Votivas”, com obras de cerâmica em baixa e alta temperatura do artista Hélio Siqueira, está anexa na Galeria Iolanda de Lima Freitas, localizada no Centro de Cultura.

O próximo destino foi a Oficina Cultural de Uberlândia. O espaço é um dos principais utilizados pelos artistas locais em Uberlândia. Oferece vasta programação nas mais diversas linguagens e técnicas, como artes plásticas, dança, artesanato, literatura, música e teatro. Também realiza e apoia palestras, cursos, exposições, exibe filmes e apoia a produção artística local, com salas de acervo, de pesquisa e de oficinas. Logo em frente à Oficina está o Museu Municipal de Uberlândia. Durante visita guiada, o grupo conheceu a história do local e da praça em que está localizado.

A Casa da Cultura, um dos mais importantes patrimônios históricos de Uberlândia, também recebeu a equipe da FCU. O espaço é aberto à comunidade e utilizado pelos artistas para desenvolver diversos projetos culturais, como recitais, apresentações, lançamentos de livros, exposições de arte e ações educativas nas galerias. Além disso, conta com parte significativa do acervo de obras da Secretaria Municipal de Cultura: gravuras em metal, xilogravuras e serigrafias, de artistas de renome nacional, como Cícero Dias, Babinski e Henrique Lemes.

O Teatro Municipal de Uberlândia e o Espaço Cultural do Mercado foram os últimos pontos visitados, fechando a imersão cultural na exposição temporária “Terraços de Esculturas”, de Hélio Siqueira. Renomado artista, nasceu em 1950 na cidade mineira Ouro Fino e, atualmente, mora em Uberaba, onde tem um ateliê artístico. Sua produção se destaca na cerâmica, pintura, tear, entre outras manifestações.

Na comitiva de Uberaba, estavam o presidente da Fundação Cultural, Cássio Facure; a chefe da Seção de Patrimônio Histórico Cultural, arquiteta Daniela Velludo, o diretor do Departamento de Cultura, Paulo Miranda; o diretor do Departamento de Equipamentos Culturais, Alexandre Ferreira; o diretor do Departamento de Museus, o museólogo Carlos Vitor Silveira e a diretora do Departamento de Captação de Recursos, Márcia Otaviano. 

Confira outras notícias: